BBB21

‘BBB21’ chega ao fim com números grandiosos: confira tudo

bbb
Foto: Reprodução/Internet

E mais uma vez um “Big Brother Brasil” entrou a história. Na 21ª edição do reality, a disputa entre 20 participantes pelo prêmio de R$ 1,5 milhão movimentou a casa e o país com muito “fogo no parquinho”. A temporada marcada por um confinamento em meio a uma pandemia (em 2020, a Covid-19 chegou com força ao país quando o programa já estava no ar) garantiu fortes emoções.

Assim como na edição anterior, o “BBB 21” misturou anônimos e famosos. E, mais uma vez, a fama não foi sinônimo de sucesso com o público. A convivência intensa, as reviravoltas do jogo e as histórias pessoais de cada participante instigaram os telespectadores. A repercussão movimentou as redes sociais, e os mutirões reescreveram os recordes de rejeição do programa.

Chamado de “O Big dos Bigs” desde antes da estreia, a edição deste ano foi a mais duradoura da história e chega ao fim amanhã, após cem dias de confinamento, com números gradiosos (confira abaixo dados coletados nos primeiros 95 dias de programa, entre a estreia, em 25 de , e 29 de abril). Aqui fora, o público já se sente órfão do “BBB”, que só volta ao ar no ano que vem — as inscrições para a 22ª, inclusive, já estão abertas.

39,8 milhões de pessoas

Alcance médio diário do programa em 93 dias de exibição, superando a edição completa do “BBB 20” em 2,9 milhões de pessoas e a do “BBB 19” em 7,9 milhões de pessoas

36 pontos de audiência e 63% de share

Recorde da atual temporada registrado em 23 de fevereiro, noite da eliminação de Karol Conká. Essa foi a melhor audiência do reality desde março de 2015. Considerando apenas as terças-feiras, foi a maior audiência registrada em 11 anos, desde o episódio final do “BBB 10”.

654.386.216 milhões de votos

Número do paredão do “BBB 21” que eliminou Sarah, no dia 30 de março.

3,6 milhões de votos por minuto

Recorde de votos por minuto em todas as edições do “BBB”, alcançado na noite de eliminação de Arthur, em 27 de abril.

172,4 milhões

Número de tuítes espontâneos sobre o reality no período de 25 de janeiro, data de estreia do “BBB 21”, e 27 de abril — quantidade 16% maior do que a registrada no mesmo período pelo “BBB 20”.

Volta de Carla Diaz como dummy no Globoplay

Em sua estreia, o “BBB 21” apresentou picos de consumo no Globoplay três vezes maior que o ”BBB 20”. No dia seguinte à estreia, o número de assinaturas foi 11 vezes maior do que a média e o consumo de câmeras ao durante esta edição duplicou em relação ao ano passado.

Já os videoviews do programa superaram 2,5 bilhões. O de Carla Diaz do paredão falso, a saída de e a prova de resistência vencida por Viih Tube foram os conteúdos mais populares.

A edição atual também registrou recorde de acessos simultâneos: 2.588.833 após o jogo da discórdia do dia 29 de março

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.